Brasiliana Eletrônica



Quebra-quilos. Lutas sociais no outono do Império

Leia a obra na íntegra

O livro, baseado em fontes primárias e na tradição popular, aborda a revolta sertaneja que ficou conhecida como Quebra-quilos, iniciada em 1874 em Campina Grande e propagada para todo o interior paraibano e outras províncias do nordeste. Os tumultos e conflitos se opunham à elevação de impostos e à adoção do sistema métrico decimal, daí o nome do movimento. Articulada com a Questão Religiosa, a revolta sofreu a interferência de padres e juízes e foi objeto de severa repressão por parte das tropas enviadas do Rio de Janeiro.

Leia a obra na íntegra