Brasiliana Eletrônica



A formação do federalismo no Brasil

Leia a obra na íntegra

Tomando como ponto de partida uma discussão teórica acerca do conceito de federação, o autor, reconhecido historiador mineiro, estuda as projeções da doutrina federalista no Império, na Primeira República e no período que se seguiu à Revolução de 1930. Analisa o centralismo da Constituição de 1824 e o federalismo republicano e procura mostrar que as instituições do país são marcadas por duas forças opostas a partir do centro, a atração e a repulsão. Detém-se também nas relações entre a centralização e dois outros fenômenos: o nacionalismo e a integração econômica do país. João Camilo de Oliveira Torres é autor de outra obra da Coleção Brasiliana.

Leia a obra na íntegra