Brasiliana Eletrônica



Cartas do Solitário

Leia a obra na íntegra

As trinta cartas publicadas na imprensa do Rio de Janeiro entre 1861 e 1862, assinadas simplesmente por “Solitário”, constituem uma penetrante análise de numerosos problemas nacionais –organização administrativa, relações Igreja-Estado, tráfico de escravos, navegação costeira e fluvial, importância da Amazônia, relações com os Estados Unidos. O autor pretendeu com seus textos lançar no país as bases de uma ampla reforma política e econômica.

Leia a obra na íntegra